Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miss Messy

Miss Messy

Malásia - Kuala Lumpur

Malásia...um dos meus sonhos que se tornou realidade! Não imaginam a vontade que tinha de conhecer este país! Foi uma experiência única e inesquecível! A viagem à Malásia surgiu depois de visitar Singapura (uma cidade admirável!). Pesquisei voos através da Air Asia que não eram muito dispendiosos (70€ ida e volta) mas que me limitavam em termos de horário, pois eram sempre muito cedo; havia ainda a opção do comboio (45€ mais ou menos ida e volta) que demorava cerca de 8 horas a chegar a Kuala Lumpur; no entanto, optei pelo autocarro (30€ ida e volta) que demorou cerca de 6 horas a chegar ao destino. Foi uma viagem bastante cómoda, o autocarro tinha ar condicionado, assentos confortáveis que nos permitiam pôr os bancos em modo "espreguiçadeira" e dormir um pouco. A primeira impressão que tive assim que saí de Singapura e parei na primeira área de serviço da Malásia foi assustadora! Primeiro entrei dentro de uma casinha que pensei ser a casa de banho e que afinal era uma sala onde estavam imensas mulheres descalças a rezar juntas...ficaram chocadas a olhar para mim por lhes ter perturbado a reza! Quando finalmente encontrei o WC, deparei-me com buracos no chão (onde faríamos as nossas necessidades) e um pequeno chuveiro para nos lavarmos depois (sim, naquela casa de banho não se dá uso ao papel higiénico!)...ainda bem que ando sempre com lenços na mala! Bem, posto isto, meti-me a caminho e lá cheguei a Kuala Lumpur. UAU! Foi o que pensei assim que vi as Petronas todas iluminadas pelas imensas luzes dos seus escritórios! Lindíssimas sem dúvida! Assim que o autocarro chegou, apanhei um táxi que me custou uns 3€ até ao meu hotel. O hotel onde fiquei era fantástico! Não muito caro e bastante acessível a todos os pontos da cidade! Ficava numa das principais ruas de bares da cidade.

1779310_808099465902420_1582620020158048576_n.jpg

IMG_9978-1024x683.jpg

 

 

Uma primeira impressão que tive relativamente aos Malaios: muito simpáticos! Sempre bem dispostos e disponíveis! Não senti qualquer medo de estar sozinha na Malásia, achei a cidade segura, não tão limpa como a vizinha Singapura mas ainda assim, mais limpa que muitas das principais cidades Europeias! A comida era divinal, podia comer muito por um preço bastante acessível!

12557101_1017165808327111_2021703786_o.jpg

 

A Chinatown da Malásia foi um delírio, cheia de réplicas de relógios, malas, óculos e afins de grandes marcas, aquilo a que realmente se pode chamar de autêntica loucura ao preço da china!

petaling.jpg

 

A Malásia tem uma cultura tendencialmente muçulmana e, por esse mesmo motivo, podemos ver muitas mulheres e crianças completamente tapadas dos pés até à ponta dos cabelos, no entanto, ao contrário de muitos países muçulmanos, estas mulheres trabalham e muitas delas têm a sua independência.
A cidade de Kuala Lumpur é completamente capitalizada! A cidade é o que se espera de uma grande metrópole asiática: moderna, com prédios enormes e luzes para todos os lados. As Petronas Towers são sem dúvida o cartão de visita de KL -como é chamada pelos Malaios-. São enormes e lindas, principalmente à noite! Infelizmente os meus dias em KL foram curtos por isso aproveitei para conhecer o centro da cidade,Merdeka Square, Litlle India, Chinatown, National Museum e para desfrutar de umas fantásticas massagens ao preço da chuva! Há muito mais para ver e visitar na Malásia. Fiquei triste por não ter tido oportunidade de visitar Batu Caves nem de ter tido o privilégio de desfrutar das belas praias malaias mas tenho a certeza de que regressarei um dia para terminar a minha viagem.
 

12583677_1017165904993768_739619484_n.jpg

 

No final do dia aconselho a dar uma volta por Bintang Walk, a região de entretenimento da cidade com vários bares, restaurantes, lojas...Um bom lugar para terminar a maratona por Kuala Lumpur: vendo todas as luzes que a cidade pode oferecer!

12583759_1017175668326125_902060252_n.jpg

 

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.