Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miss Messy

Miss Messy

No metro, salve-se quem puder!

 

Quem tem de se deslocar logo pela manhã até ao centro de Lisboa e não tem possibilidade de levar o carro, vê-se obrigado a passar por uma agitação matinal no metro que já virou rotina.

Há mais de 10 anos que me desloco de metro para o centro da cidade em hora de ponta e nunca me tinha deparado com algo assim. Só durante esta semana, já perdi a conta à quantidade de vezes em que fiquei do lado de cá da carruagem do metro por ser impossível entrar dentro da mesma de tão cheia que vai. Quando por fim após alguns empurrões consigo entrar na carruagem, percebo que o panorama é sempre o mesmo: os passageiros parecem sardinhas enlatadas de tão apertados que vão e surge sempre uma discussão devido ao aperto. A discussão de hoje foi entre duas senhoras, uma loira e uma morena. A senhora morena barafustava porque a permanente loira da outra senhora lhe roçava na cara e isso incomodava-a muito. Por sua vez, a loira retorquiu que nada poderia fazer, não havia qualquer espaço para onde se pudesse mexer. A morena continuava a estrebuchar dizendo que é uma vergonha pagar um passe mensal para levar com o cabelo dos outros na cara logo pela manhã.

 

Não há grande coisa que se possa fazer, essa é a verdade. Temos muitos poucos parques de estacionamento na nossa cidade e os poucos que temos são caros como o raio! E depois, a verdade é que só de pensar que até chegar ao centro temos de levar com filas de trânsito infernais e intermináveis, é logo meio caminho andado para desistir do popó e optar por levar com cabelos mal lavados na cara, mau hálito e faltas de desodorizante - pensem nisto como uma ajudinha extra para abrirem logo a pestana!

Há uns anos atrás, quando me deparei com o mesmo cenário no metro de Singapura, agradeci aos céus por em Portugal ainda haver espaço para todos na carruagem sem empurrões e sem ter de ficar na estação na esperança de conseguir entrar na próxima carruagem - foi sol de pouca dura!

Será que a tendência é para piorar?

Será que qualquer dia estamos assim?

 

 

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.