Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miss Messy

Miss Messy

Calhandrices sobre sexo

Nós mulheres temos a fama de calhandreiras e como tal, uma vez que já temos a fama, tiramos proveito desse título que nos foi concedido. Ora numa das minhas muitas calhandrísses com amigas, depois de calhandrarmos até mais não, chegamos ao tema que nos deixa a todas de ouvidos arrebitados: o sexo.

couple-sex-starve-2.jpg

 

 Tal como em praticamente todos os grupos de amigas, existe sempre a solteira que goza a vida ao máximo sem se importar com nada e a comprometida que goza na medida daquilo que pode. Eu sempre fui apologista de que sendo solteira, casada, junta ou o que seja, no que diz respeito ao sexo, a conclusão deveria ser igual para todas: estou satisfeitíssima! Mas de facto este assunto gera sempre uma grande polémica e discussão à volta do que deve ou não ser permitido e do que é ou não tolerável levando-nos à conclusão geral de que a mulher é quem perde na grande maioria das vezes ou como quem diz: é a que fica a ver navios! A conclusão foi unânime: a mulher solteira que está com um homem que só pensa em si próprio, acaba por lhe dar um pontapé no traseiro e procura outro melhor, no entanto, relativamente à comprometida, o caso muda de figura porque o que está em jogo não é apenas o sexo mas também o amor. O problema é que o amor é todo ele muito bonito, mas verdade seja dita, somos todos animais e esta é uma parte bastante importante para o nosso bem estar geral. Acabámos por chegar também à conclusão de que num relacionamento inicial, o sexo é quase sempre bom ou pelo menos satisfatório - pode não ser o melhor do mundo mas como é novidade sigaaaaa - o problema vem depois, com o passar do tempo, quando já sabemos ao que é que aquele gesto, aquele toque ou aquela palavra vai levar e nos apercebemos de que nada de novo virá dali gerando uma rotina sexual. Se muitos dos homens garantem que têm conhecimento de como funciona o corpo feminino, garantem que sabem que a mulher é diferente do homem e que portanto necessita de uma atenção extra no que diz respeito a preliminares e afins, se sabem isto tudo porque é que a história do "virar frangos e já está" acontece demasiadas vezes?! Homens de Portugal, já os nossos avós diziam: a pressa é inimiga da perfeição...

 

 

 

16 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.