Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miss Messy

Miss Messy

"Ou limpas a casa, ou arranco-te os testículos!"

Isto até parece surreal mas lá para os lados do leste o pessoal às vezes frita a pipoca e passam-se coisas muito estranhas...

Imaginemos a seguinte história: Era uma vez uma senhora romena que, decidiu numa bela terça-feira, fazer as limpezas da casa. Como era justamente o Dia Internacional da Mulher - e como possivelmente foi bombardeada pela imensa informação desse dia sobre a igualdade de géneros - resolveu pedir ajuda com as limpezas ao marido que renunciou logo ao cargo de gata borralheira, o que não deixou a sua amada romena muito satisfeita... Esta renuncia gerou uma valente discussão levando a senhora à loucura que não vai de modas e arranca-lhe os testículos com as mãos!

"Mas afinal quem é que manda aqui?!" - é só o que imagino a romena a dizer!

No final o homem foi parar ao hospital, fizeram as pazes, riram juntos da situação e o romeno ainda acabou por admitir que se calhar nesse dia devia de ter comprado flores à esposa e acordado cedo...

Tudo está bem quando acaba bem...Que lindo que é o amor!

 

 

 

A mania de querer ser chique na terceira pessoa...

Reconheço que este post pode ferir susceptibilidades mas cada um é livre de achar o que quer e o que bem entender e por isso cá vai a minha opinião: acho ridículo ouvir casais - principalmente os mais jovens - tratarem-se por você e pior ainda é ouvir pais a tratar por você os filhos. É de um distanciamento e de uma frieza que me deixam inquieta. Eu trato por você pessoas que não conheço, que mal conheço, colegas de trabalho - exceptuando alguns - e dezenas de familiares mais velhos apenas por uma questão de respeito e porque, convenhamos, pertencem a uma geração onde o tratamento na terceira pessoa era obrigatório e fazia parte da educação...Ah mas esperem, quase que me esquecia, nos dias que correm não tem a ver com educação mas sim com uma questão de distinção de classes sociais...é chique! Casais que se tratam assim têm mais chá, mais etiqueta, são mais educados e por norma, mais abastados financeiramente - ou fingem tudo isto e vivem das aparências.

É tão chique dizer a um filho "Martim, venha cá à mãe, quer um gelado?", e também é igualmente chique dizer à cara metade "Gosto tanto de si, é o amor da minha vida. O que gostaria de jantar hoje? Estava a pensar num risoto, agrada-lhe a ideia?". Tudo isto é tão mas tããoo chique! E na intimidade, já imaginaram? Deve ser algo do tipo "está a gostar querida?" ou "isso mesmo querido, não pare, você é fantástico" ou talvez se limitem apenas ao silêncio que é para a coisa ser mais educada.

Bom, mas o que achei particularmente curioso foi uma situação que vi à dias. Estava a ver - a cuscar para ser mais precisa - a página de Instagram de uma figura pública - com os seus 30 anos de idade - e eis que leio o seguinte na discrição de uma das fotos com a cara metade: "Hoje é o seu dia, é primeiro dia dos seus 28 o primeiro dia do ano seguinte ao melhor ano da sua vida (...) Obrigado por me deixar fazer parte destes momentos, por me ter dado a melhor filha do universo (...) e por poder contar com a sua força, discernimento, inteligência, perspicácia, amor e apoio. Por si tudo, para si o mundo. Amo-te meu amor".

Ok, está um texto bonito, fofinho e amoroso, ainda que o tratamento na terceira pessoa me dê sempre a impressão de frieza, MAS PÁRA TUDO! Então é o tempo todo "você isto, você aquilo" e depois no fim acaba me isto com um "amo-te"?! Humm um texto tão chique para depois acabar assim sem um "amo-a"? Foi engano, só pode...!! Inicialmente pensei que se trata-se mesmo de um engano - às vezes a escrita inteligente nos telemóveis dá nisto - mas depois de cuscar mais um pouco percebi que "amo-te"  também pode ser usado no mundo ali da linha das tias, do jet set e das aparências. Ah, então para as questões mais afectuosas há que tratar por tu...ou isto é uma excepção? Estou baralhada...

 

Manias.

Bimba Y Lola

E quando me preparava para começar a refazer o meu pé de meia, eis que surge esta fofinha linda da Bimba Y Lola para me tentar levar à loucura!

Pequena, prática e gira. Normalmente não sou muito fã de malas pequenas porque trago sempre um armazém de tudo o que se possa imaginar dentro da mala mas esta malinha arrancou-me suspiros.

O preço desta Square Cross Body Bag é que já não é tão giro...nem pequeno. Quem quiser levar esta miniatura terá de gastar uns 129 euritos com ela...

 

Eu bem tento fugir das tentações, juro que tento mas elas correm atrás de mim!

16221-64318-pdf.jpg

square cross body bag 125.jpg

 

Carolina e a "gravidez tonificada" além fronteiras

A Carolina Patrocínio tem dado que falar além fronteiras, principalmente pelo seu mais recente estado de graça. Recentemente uma conta de Instagram "Ellentvshow", conhecida pelas suas publicações sarcásticas e humorísticas, publicou uma montagem sobre a nossa Carolina que se espalhou um pouco por todo o mundo:

IlTPuLk.png

 Eu não tenho nada contra o facto da Carolina Patrocínio gostar excessivamente de exercício físico e até acho muito bem, principalmente durante a gravidez - mais vale o exercício que é saudável do que as bebidas alcoólicas e o tabaco que muitas aves raras grávidas fazem questão de manter na rotina durante este período - mas a verdade é que ela está tão seca e tonificada que, como grávida, a barriga dela só me fazia lembrar a barriga da Barbie "futura mamã" que tive em miúda - Barbie, Nanci, boneca da loja dos 300, o que for.

Ora cá está ela:

 

 

Digam lá que a barriga não tem algumas semelhanças?

Gostos à parte, só queria ter metade do empenho e da força de vontade que a Carolina tem para o exercício físico - e talvez a disponibilidade horária e o trabalho também...

 

 

Gentinha logo pela manhã

06_ Village bus BW-5 640x480.jpg

 

Levar com gentinha que não se sabe comportar logo pela manhã é um mimo! É um vale tudo desgraçado! Ele é empurrões no metro, é gente que não espera que os outros saiam da carruagem para depois poder entrar civilizadamente, é gentinha que larga bombas intestinais de muito mau cheiro justamente quando não existe a mínima possibilidade de circulação de ar, é pessoal a tossir para cima dos outros sem o mínimo de civismo por tentar não espalhar os seus estimados germes por todo o transporte público, são corridas pelo autocarro onde vale tudo para ficar com o lugar, são gritos, são berros... Irra!!! Gente parva logo pela manhã tira-me do sério!

 

Bom dia.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.